• Redação CDPV

Trabalho remoto: pesquisa mostra que 60% querem retornar ao escritório

Psicólogas falam sobre o desafio de acolher os funcionários após longo período em home office, já que o isolamento social fez com que a saúde mental deixasse de ser tabu



Retornar ao trabalho depois de um longo período de home office é um desafio para as empresas, já que é necessário criar um ambiente seguro contra a Covid-19 e a favor da saúde física e mental de seus funcionários.


Embora haja receio quanto à transmissão da Covid-19, uma pesquisa realizada pela consultoria Adecco mostrou que mais de 60% da população que está trabalhando de casa quer retornar ao escritório. Os que preferem permanecer em home office por medo de pegar o coronavírus são apenas 7%.


Além disso, de acordo com um levantamento do NZN Intelligence, em parceria com o Estadão Summit Mobilidade Urbana, dos 2,2 mil respondentes, 83,5% deles afirmaram receio quanto à segurança contra o Coronavírus no transporte público durante a pandemia.

Mas os desafios vão além do ambiente empresarial e do transporte. “Hoje, sair das quatro paredes que nos protegem contra o mundo lá fora ficou mais difícil porque nos acostumamos ao isolamento”, explica a psicóloga Patrícia Lenine, da Zero Barreiras - Psicologia Online.


“Muitas pessoas desenvolveram a chamada Síndrome da Gaiola, que é medo da interação social e não saber como lidar com o novo mundo”, Patrícia Lenine.

Pandemia traz saúde mental para a pauta


A saúde mental entrou em pauta, mais do que nunca, por ter se agravado durante este período de pandemia. Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), mostrou que 47,9% das pessoas tiveram aumento de seus atendimentos desde o início do isolamento social. Além disso, 67,8% dos psiquiatras informaram ter pacientes que nunca tiveram acompanhamento antes, já 69,3% dos profissionais atenderam pacientes reincidentes, ou seja, os que já tinham recebido alta mas tiveram recaída de seus sintomas.


“A saúde mental sempre precisou de atenção, mas ocupava o cargo de tabu. Entretanto, atualmente ela está entrando em foco, já que tantas pessoas estão sofrendo com doenças mentais decorrentes do isolamento social”, explica a psicóloga Christiane Valle, da Zero Barreiras. Patrícia Lenine completa dizendo que “por isso, mais do que nunca, é necessário cuidar dessas pessoas. Quando falamos do retorno ao trabalho, por exemplo, as empresas precisam ter como estratégia o cuidado com a saúde mental de seus funcionários, é benéfico para ambos os lados, já que trabalhadores saudáveis física e mentalmente são mais lucrativos”.


Christiane Valle também dá algumas dicas de como acolher os funcionários em tempos tão difíceis. “A empresa é o local em que as pessoas passam a maior parte do tempo, por isso é necessário cuidar para que se sintam à vontade. Por isso, crie palestras e apresentações para falar sobre a importância da saúde mental; ouça-os e garanta que se sintam à vontade para falar sobre a saúde mental; incentive-os a fazer acompanhamento psicológico e crie um plano para sua empresa ter psicólogos especializados no ambiente coorporativo”, completa.

Conheça o CDPV


CDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas) é uma Escola de Vendas disruptiva especializada em conteúdos, treinamentos e palestras de vendas, fundada em 2003 por Diego Maia, o palestrante de vendas mais contratado do Brasil.


Atuamos em todos os estados brasileiros e falamos a língua da sua equipe de vendas com soluções para cada tipo de negócio. Fale com nossos especialistas e saiba como podemos ajudar sua organização.