Especialista aposta em retomada do turismo em 2022

Bayard Boiteux ressalta importância dos cuidados com a pandemia para melhora no setor.



O setor do turismo foi um dos mais atingidos pela crise causada pela pandemia de Covid-19 no Brasil e no mundo. Milhões de empregos foram perdidos, hotéis, bares, restaurantes e outras atividades econômicas ligadas a ele tiveram que fechar as portas ou se reinventar.


O professor Bayard Boiteux, vice-presidente da Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro, gerente de Turismo do Preservare e diretor geral do Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo, é um grande especialista no setor.


Ele falou para o podcast #BóraVoar, apresentado pelo palestrante de vendas mais contratado do Brasil, Diego Maia, sobre as perspectivas.


Para Boiteux, o segundo semestre de 2022 será o momento em que se conseguirá ver uma retomada no turismo. Enquanto isso, ele reforça a importância da tomada de medidas sanitárias para passar por essa crise. Confira a entrevista.


"Acredito que só teremos algum retorno da pandemia efetivamente no segundo semestre de 2022." Bayard Boiteux

Diego Maia - Quais são as suas expectativas, considerando a sua experiência, considerando as empresas que você atende com sua a consultoria? Quais são as suas expectativas para o retorno do mercado de turismo nessa reta final? Que assim seja nessa reta final de pandemia.


Bayard Boiteux - Acredito que só teremos algum retorno da pandemia efetivamente no segundo semestre de 2022. Até lá, nós temos que torcer para que as pessoas sejam vacinadas e que nós tenhamos sobretudo a imunidade de rebanho. Uma das coisas mais importantes é que para que o retorno aconteça, é necessário que as pessoas se conscientizem de que elas têm que constantemente não esquecer os protocolos de segurança.


Diego Maia - Quais tipos de protocolos você considera mais importantes?


Bayard Boiteux - Refiro-me aqui basicamente ao uso da máscara, ao distanciamento social, a higienização das mãos deve ser feita o tempo inteiro, o que não tem acontecido. Muitas pessoas querem ignorar os protocolos de segurança, o que é muito ruim porque ela é sem dúvida alguma agravam a pandemia.


Diego Maia - E quanto às medidas sanitárias, acredita que elas vão permanecer? Será que vai demorar para a empregabilidade desse setor voltar?


Bayard Boiteux - Na atividade turística, nós começamos a ter algumas mudanças de comportamento. Por exemplo, no caso do Rio de Janeiro, moradores da própria cidade que se hospedam em hotéis urbanos para passar o fim de semana, já que normalmente hotelaria do Rio de Janeiro tem de alguma forma tentado reduzir os impactos colocando em prática protocolos de segurança. Isso dá uma certa segurança para as pessoas. Hoje eu vou lhe dizer que o que dá segurança para as pessoas é saber que o protocolos de segurança estão sendo levados a cabo dentro daqueles equipamentos. É assim que as pessoas escolhem sem dúvida alguma os locais para onde vão se destinar durante suas férias.


Diego Maia - E com relação aos empregos, quais as perspectivas?


Bayard Boiteux - A empregabilidade, na realidade, vai demorar um pouco para aumentar porque os equipamentos normalmente turísticos, hotéis, empresas organizadoras de eventos e agências estão na realidade trabalhando com o staff reduzido para poder sobreviver. Mas eu acredito que no primeiro trimestre de 2022 nós já teremos um aumento de 10% a 15% da empregabilidade que ficou estática durante esse tempo inteiro.


***


Você pode conferir mais entrevistas exclusivas no Portal CDPV e ouvi-las no podcast BóraVoar no seu navegador ou na sua plataforma de streaming preferida, como o Spotify, por exemplo.


Sobre o Diego Maia


Diego Maia é o palestrante de vendas mais contratado do Brasil. Com 6 livros publicados, atua no mercado de palestras e treinamentos de vendas desde 2003. Apresenta o BóraVoar, programa que está no ar em diversas emissoras de rádio como Antena 1 (103,7 FM Rio de Janeiro) e Mais Brasil News (101,7 FM Brasília). O programa também é publicado diariamente em todos os aplicativos de podcasts.


Diego Maia é CEO doCDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas), escola de vendas pioneira no Brasil, especializada em treinamentos de vendas presenciais e online.