Especialista dá dicas de como fazer uma startup decolar

Marília Sant’Anna, do Sebrae Rio, aponta caminhos para empreendedores impulsionarem suas empresas


Marília Sant'Anna do Sebrae dá dicas para startups

Tem alguma entidade no Brasil que entenda mais de micro e pequenas empresas do que o Sebrae? Criado justamente para dar apoio, capacitar e promover o desenvolvimento dos pequenos negócios, o Sebrae RJ (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) pode ajudar muito o empreendedor que investe ou quer investir em startups.


Então, ninguém melhor do que uma pessoa de dentro da entidade, que conhece profundamente a realidade das micro e pequenas empresas, para dar boas dicas para esse setor. Em conversa com Diego Maia, palestrante de vendas mais contratado do Brasil em seu podcast, o BóraVoar, Marília Sant’Anna, do Sebrae Rio de Janeiro, falou um pouco sobre como startups podem se destacar.


Como decolar com uma startup


Em um mercado super competitivo, se destacar e alçar grandes voos não é uma tarefa fácil. A primeira dica de Marília para isso é o empresário fazer um bom planejamento. Ela também destaca que é necessário apostar em uma boa equipe, com profissionais que possuam conhecimentos complementares. “Tudo é feito por meio das pessoas”, lembra.


Foco no cliente


Não existe empresário que não conheça a frase “o cliente tem sempre razão”, certo? Para startups, saber as dores e necessidades dos clientes também é fundamental. Marília ressalta que é necessário sempre ouvir o seu consumidor. “Então outro ponto é ouvir o cliente, conhecer bem o mercado e estar sempre muito atento para aprender com os erros”, diz.



Fazer a diferença


Buscar oferecer às pessoas algo que fará diferença em suas vidas é outra dica que Marília dá para os empresários de startups. “Apresentar soluções que realmente possam fazer a diferença na vida das pessoas. Assim como as empresas que um dia já foram startups que nós conhecemos, o Uber, o Instagram, o Facebook”, exemplifica.


Inovar sempre


Marília ressalta também a necessidade de estar sempre pronto para inovar. Ela chama atenção para o fato de que empreendedores de sucesso estão sempre em contato com o ecossistema de inovação. “Eles estão sempre muito atentos aos seus negócios, ao mercado e também participando de programas de capacitação”.


Participar de programas de capacitação


Para startups que estão em estágio de operação e tração, Marília destaca a necessidade dos empresários se capacitarem. Ela cita programas do Sebrae Rio, que regularmente dispõe de editais específicos para essas empresas, além de subsídio. “O empresário vai participar de oficinas, de consultorias, em quatro áreas estratégicas do negócio”. Entre elas estão liderança, time e equipes; finanças e recursos financeiros; marketing, venda, prospecção de clientes e novos mercados; e investimento. “Venha participar com a gente e fazer o seu negócio crescer”, convida.



***


Você pode conferir mais entrevistas exclusivas no Portal CDPV e ouvi-las no podcast BóraVoar no seu navegador ou na sua plataforma de streaming preferida, como o Spotify, por exemplo.


Sobre o Diego Maia


Diego Maia é o palestrante de vendas mais contratado do Brasil. Com 6 livros publicados, atua no mercado de palestras e treinamentos de vendas desde 2003. Apresenta o BóraVoar, programa que está no ar em diversas emissoras de rádio como Antena 1 (103,7 FM Rio de Janeiro) e Mais Brasil News (101,7 FM Brasília). O programa também é publicado diariamente em todos os aplicativos de podcasts.


Diego Maia é CEO do CDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas), escola de vendas pioneira no Brasil, especializada em treinamentos de vendas presenciais e online.