• Redação CDPV

Marketing de Guerrilha: descubra como usar

Estilo arrojado de publicidade é utilizado por grandes marcas e traz resultados surpreendentes.



O universo digital trouxe um espaço enorme para as empresas inovarem nas suas formas de divulgação e vendas. E neste cenário o marketing de guerrilha se tornou um grande protagonista.


O que é marketing de guerrilha?

Multinacional de refrigerantes

Rede de fast-food multinacional

Dicas de aplicação


Você provavelmente já viu o marketing de guerrilha em alguma propaganda, mas não sabia que se tratava deste conceito. Muito comum nas publicidades de grandes marcas, ele traz resultados surpreendentes.


Neste artigo vamos abordar o conceito de marketing de guerrilha juntamente com exemplos práticos em grandes marcas e dicas para te ajudar a construir essa estratégia da melhor forma.


O que é marketing de guerrilha?


O marketing de guerrilha nada mais é do que uma estratégia bem criativa e zero convencional. Ou seja, algo totalmente inovador e diferente no mercado.


Algumas vezes, o marketing de guerrilha chega até a ser um pouco agressivo, confrontando diretamente marcas concorrentes da sua.


Seu principal propósito é gerar um grande impacto nos clientes e internautas, com algo totalmente diferente do que eles estão acostumados.


Se você lançar um curso sobre como funciona o Facebook Ads, o marketing de guerrilha vem para fazer com que a sua divulgação seja totalmente original e personalizada, impactando a vida de quem conhece a sua marca. Essa estratégia surgiu no fim dos anos 70 e foi um grande protagonista na construção de grandes marcas presentes no mercado até hoje.


Com o surgimento do marketing digital, ele continuou com a mesma proposta e resultados, só que agora com a ajuda das redes sociais e a internet neste processo.


Para tornar tudo isso mais claro, vamos dar dois exemplos de marcas bem famosas que usaram e ainda usam o marketing de guerrilha em suas campanhas.


Multinacional de refrigerantes


A The Coca-Cola Company é uma das empresas de refrigerante com mais vendas no mundo, e grande parte desse sucesso deve-se ao marketing de guerrilha que foi muito bem estruturado pela marca. Se você pesquisar algumas propagandas da marca na internet encontrará diversos vídeos com depoimentos dos clientes e críticas implícitas a concorrentes.


Além disso, a marca também se tornou pioneira na construção de estratégias que engajam seus clientes. Um exemplo é a campanha de dia dos namorados onde a máquina só liberava a bebida escolhida quando o casal se beijasse.


É válido lembrar que a Coca-Cola conta com um grande orçamento de marketing. São milhões de reais investidos no Instagram Ads e diversos outros meios de divulgação.


No entanto, não dá para negar a habilidade e criatividade que eles tiveram na hora de criarem suas campanhas.


Rede de fast-food multinacional


Não podemos deixar de lado o chefe do marketing de guerrilha na atualidade, uma das maiores redes de fast-food no mundo. O Burger King construiu grande parte do seu sucesso com a utilização dessa estratégia.


Dentre diversas campanhas e publicidades criadas pela marca nos últimos tempos, vamos citar a mais recente e que gerou um verdadeiro alvoroço nas redes sociais.


A marca lançou um pequeno vídeo de seus lanches onde o áudio dizia que o sonho do big era crescer e virar um Whopper, um dos lanches mais vendidos da rede. Os internautas foram à loucura, pois tinham certeza que eles se referiam ao lanche Big Mac da franquia McDonald's, concorrente oficial do Burger King.


Depois, a marca lançou um novo comercial explicando que se tratava apenas do Big King, um dos lanches da própria franquia.


Um simples comercial, com poucas falas, conseguiu gerar um impacto imensurável nas internet e nos clientes da marca, provando como o marketing de guerrilha é poderoso e no meio digital se tornou ainda maior.


Dicas de aplicação


O marketing de guerrilha pode parecer um bicho de sete cabeças, mas separamos algumas dicas para tornar o processo de criação mais simples para você:

  • Seja original;

  • Não esqueça suas raízes;

  • Conheça bem o seu público;

  • Estude seus concorrentes;

  • Seja criativo;

  • Esteja atento a tudo o que envolve a sua marca;

  • Gere impacto.

Não importa o que você for vender, seja uma peça de roupa ou um e-book sobre como anunciar no Google Ads, o marketing de guerrilha é um grande aliado daqueles que se comprometem a estudá-lo bem e usá-lo em seus negócios.


Esperamos que este artigo possa ter te ajudado a entender ainda mais sobre o conceito do marketing de guerrilha. Não deixe de continuar estudando e indo atrás de conhecimento para aperfeiçoar e inovar suas estratégias.


Conheça o CDPV


CDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas) é uma Escola de Vendas disruptiva especializada em conteúdos, treinamentos e palestras de vendas, fundada em 2003 por Diego Maia, o palestrante de vendas mais contratado do Brasil.


Atuamos em todos os estados brasileiros e falamos a língua da sua equipe de vendas com soluções para cada tipo de negócio. Fale com nossos especialistas e saiba como podemos ajudar sua organização.