Entrevista: Diego Maia, o palestrante de vendas mais contratado do Brasil

Para Diego Maia, dominar a arte de vender é o diferencial competitivo invisível das empresas de sucesso

Palestrante de vendas Diego Maia

Palestrante, empresário, treinador, investidor, comunicador, apresentador de programa de rádio, escritor com seis livros publicados, CEO do CDPV… ufa! Conseguimos uma brecha na agenda de Diego Maia, considerado pelo mercado o palestrante motivacional de vendas mais contratado do Brasil.


Conversamos sobre vendas, sobre seu início no mercado de palestras, sobre sua atividade empresarial e sobre o que as empresas precisam fazer para ter sucesso nestes tempos turbulentos. Para Diego Maia, “dominar a arte de vender é o diferencial competitivo invisível das empresas de sucesso”.


O resultado do bate-papo você confere aqui e agora:



Redação - Vamos começar do princípio. Como foi o começo da sua carreira?


Diego Maia - Eu sou vendedor desde que me entendo por gente, sempre me apresento desta forma, sou um profissional de vendas “raiz”, independente dos cargos e funções que exerço. Na minha infância pobre no subúrbio do Rio de Janeiro, vendi de tudo um pouco nas ruas: no verão apostava minhas fichas no sacolé, no meio do ano, em estalinhos e bombinhas. Foi com este dinheirinho que pude pagar meu ensino médio em uma escola particular e entrar numa faculdade de Comunicação Social. Dali veio a paixão pelas palestras, pelo rádio, pelas vendas.


Redação - Seu programa de rádio está no ar desde 2009, não é mesmo?


Diego Maia - Sim, isso mesmo. Eu comecei no rádio em 2009, na extinta rádio MPB FM do Rio de Janeiro, apresentando o programa “Mundo Empresarial”. Hoje estou diariamente na Antena 1, na Mais Brasil News de Brasília e em dezenas de outras emissoras do Brasil que retransmitem o programa BóraVoar, também disponível em todos os aplicativos de podcasts.


O BóraVoar é, ao mesmo tempo que um trabalho, uma realização pessoal. Recebo muitos feedbacks todos os dias de pessoas que se sentem tocadas por minhas palavras.

Ontem eu recebi um direct no Instagram de uma ouvinte chamada Rosa. Ela disse que eu fui o libertador de sua escravidão. Por minhas palavras diárias no rádio ela resolveu pedir demissão de um emprego que tinha há mais de 20 anos porque não suportava trabalhar com um chefe que ao invés de motivar, desmotivava… agora ganha um pouco menos em outro lugar, mas é muito mais feliz. Publiquei este conteúdo no site PílulasDeOtimismo.com.br, para que mais pessoas possam ter acesso.


"Não uso redatores, sou eu mesmo que escrevo o conteúdo do BóraVoar porque desejo transmitir uma mensagem autoral e tocar o coração dos ouvintes." Diego Maia

Redação - Isto é uma responsabilidade e tanto…


Diego Maia - Com certeza! Não uso redatores, sou eu mesmo que escrevo o conteúdo do BóraVoar porque desejo transmitir uma mensagem autoral e tocar o coração dos ouvintes. Ao mesmo tempo que vibro com feedbacks deste tipo, reconheço o peso da minha responsabilidade. Mesmo com toda a tecnologia e formas diferentes de entregar conteúdo, o rádio é uma caixinha mágica. Trabalho para ser o mais verdadeiro possível para aqueles que me escutam.


Redação - Você publicou seis livros sobre vendas e gestão de vendas. Fale um pouco destes “filhos”?


Diego Maia - Isso mesmo, são seis livros que tenho como filhos. Tem o “7 Princípios da Venda”, o “Histórias dos Verdadeiros Campeões de vendas”, o “Como ser um Gestor de Sucesso”... O sétimo livro está no prelo, deve sair ainda este ano. Vou te dar um spoiler, o título é “De Vendedor para Vendedor” e pela primeira vez estou sendo co-autor.

Quem divide comigo a concepção é o empresário mineiro Juscelino Franklin Junior, um grande vendedor, um grande líder, um grande empresário do segmento atacadista-distribuidor.


Escrever livros para pessoas de vendas é quase uma catequese: o vendedor brasileiro tem fama de que não gosta muito de ler… (risos).


Redação - Quantas palestras motivacionais de vendas você ministra?


Diego Maia - Faço, em média, 12 palestras por mês para empresas dos mais variados tipos e segmentos de atuação. Os eventos presenciais estão sendo retomados aos poucos. Nos últimos meses fiz muitas palestras híbridas, mesclando algumas pessoas no local do evento e o restante da empresa assistindo pelo computador ou smartphone.


Redação - Quais são os estados que mais contratam suas palestras?


Diego Maia - Eu já tive o privilégio de palestrar e treinar empresas de quase todos os estados brasileiros, mas sem dúvidas, São Paulo e Rio de Janeiro são os estados que mais contratam minhas palestras presenciais, online ou híbridas. Fora do Brasil, já palestrei nos Estados Unidos, na Argentina e, principalmente, em Portugal. Nas palestras eu mostro como as pessoas devem fazer para vender mais e melhor.


Redação - Mudando um pouco de assunto, na sua opinião, o que separa as empresas de sucesso das que não atingem êxito?


Diego Maia - ⁠A grande questão é que ou você se torna urgentemente um fornecedor realmente estratégico para os seus clientes ou você estará fora do jogo e dos planos deles. O eixo da relação entre empresa e cliente deixou de ser “vender a qualquer custo” e se tornou “vender aquilo que de fato o cliente precisa”.


"As empresas que atingem seus objetivos são aquelas que colocam o cliente em primeiro lugar, e não o pedido tirado e a venda feita." Diego Maia

Além disso, as empresas precisam buscar diferenciação. Ser diferente é estupidamente essencial para ser o melhor.

Redação - O que as empresas podem fazer para se destacar no mercado?


Diego Maia - Sobretudo, os empreendedores precisam entender que só existem dois cargos em uma empresa: vendedor ou ajudante de vendedor. Todas as áreas que não vendem diretamente precisam ajudar a empresa a vender. Nesta minha atividade de palestrante de vendas, minha missão é esta: conscientizar de que tudo nesta vida é venda.


Redação - Por fim, que dica você deixa para quem deseja conquistar o sucesso?


Diego Maia - Eu deixaria três reflexões que estão nos meus pensamentos e volta e meia falo no BóraVoar, escrevo nos livros e cito nas palestras. A primeira: O segredo da mediocridade é fazer somente aquilo que você é pago para fazer. A segunda: ⁠Ninguém consegue vender aquilo que não conhece, que acha caro ou que acredita que não vale a pena. E a terceira: Sempre e em qualquer circunstância, escute mais do que fale.


Redação - Obrigada, Diego Maia!


Diego Maia - Foi um privilégio. Se é para ajudar vendedores e empreendedores, pode contar sempre comigo.


Sobre o Diego Maia


Diego Maia é o palestrante de vendas mais contratado do Brasil. Com 6 livros publicados, atua no mercado de palestras e treinamentos de vendas desde 2003. Apresenta o BóraVoar, programa que está no ar em diversas emissoras de rádio como Antena 1 (103,7 FM Rio de Janeiro) e Mais Brasil News (101,7 FM Brasília). O programa também é publicado diariamente em todos os aplicativos de podcasts.


Diego Maia é CEO do CDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas), escola de vendas pioneira no Brasil, especializada em treinamentos de vendas presenciais e online.


Você pode se interessar por este conteúdo: