• Redação CDPV

Casal paulista torna sonho de viajar em realidade

Conheça a grande aventura de Leonardo e Raquel Spencer, que largaram o mercado financeiro e viraram nômades digitais



Quem nunca pensou em largar tudo e viajar pelo mundo. Mas o que para a maioria é apenas uma fantasia virou realidade para um casal de São Paulo.


Em 2013 Leonardo e Raquel Spencer tinham uma vida muito confortável na capital paulista. Bons empregos no mercado financeiro, acesso a tudo o que queriam e perspectivas de crescimento na carreira. Mas sentiam falta de tempo para ver as pessoas que gostavam, a família e para viajar. Então decidiram largar tudo, pegar um carro e viver como nômades digitais. Começaram uma volta ao mundo e o site Viajo, Logo Existo. Leonardo conversou com exclusividade com o palestrante de vendas mais contratado do Brasil, Diego Maia, para o podcast BóraVoar, e contou essa incrível história. Leia mais na entrevista.


Diego Maia - Qual o propósito de vida de vocês?


Leonardo Spencer - Hoje nosso maior objetivo de vida, tanto meu quanto da minha esposa, que falamos em nome do Viajo, Logo Existo, é conseguirmos aproveitar a vida e ainda estar próximos das pessoas que a gente gosta. No passado, quando a gente trabalhou quase 10 anos no mercado financeiro, a gente tinha uma limitação muito grande de tempo. A gente fazia uma coisa que a gente gostava, a gente vivia em São Paulo, tinha acesso a tudo o que a gente queria, mas a gente não tinha controle do nosso tempo. Então a gente acabava vendo pouco as pessoas que a gente gostava, quando saía estava sempre cansado, então na verdade quando a gente resolveu mudar de vida lá em 2013 e lançar o projeto de dar a volta ao mundo, que depois viraram livros, palestras, programas de TV, foram subprodutos de uma mudança nossa de vida.


Diego Maia - Era para poder aproveitar a vida além de trabalhar.


Leonardo Spencer - A gente queria estar fora daquele meio mais para ter tempo, para estar com meus pais, com os amigos, para a gente poder ter um momento para aproveitar juntos, eu e minha esposa, agora com nossa filha também chegando, a gente vai poder gozar mais isso de poder estar ali aproveitando os lugares e as experiências de vida sem estar com aquela pressão, sem estar com aquela pressa, mas sem deixar de trabalhar também, tem que pagar as contas. Acho que nosso propósito de vida hoje está muito ligado a achar o equilíbrio no nosso dia a dia.


Diego Maia - Me conta essa história, como é que foi isso? Como é que aconteceu, como é que começou essa história de viajar o mundo? Como é que vocês decidiram jogar a vida corporativa para o alto e se dedicar a viajar?


Leonardo Spencer - Nossa maior mudança de vida aconteceu em 2013. Eu sou Administrador, estudei na PUC-SP. A Raquel é Economista, também da mesma faculdade, a gente tinha uma vida normal em São Paulo. Trabalhávamos no mercado financeiro, gostávamos do que fazíamos. Em 2012 eu me deparei com um casal que tinha viajado o mundo de carro. Eles tinham comprado uma Land Rover, adaptado ela e eles moraram no carro por três anos cruzando a América inteira, África, Europa e diversos países. E tanto eu quanto a Raquel, a gente sempre gostou do tema de viagem, sempre gostou de fotografar. Eu já escrevia para algumas revistas sobre as viagens que eu fazia, era como se fosse um hobby. E aí naquele momento a gente se deparou com a possibilidade de mudar de vida totalmente.


Diego Maia - Vocês tinham ideia de quanto tempo ficariam na estrada?


Leonardo Spencer - Nunca imaginávamos que isso seria um projeto que duraria tanto tempo. São quase oito anos hoje de Viajo, Logo Existo. Nesse processo a gente já visitou mais de 125 países. Então em 2013 a gente se casa, nós éramos namorados, saímos, pedimos demissão do banco que trabalhávamos em São Paulo e saímos para uma volta ao mundo de carro por quase quatro anos. Levamos um carro com a placa de São Paulo até o outro lado do mundo. A gente foi até a Malásia com o carro de São Paulo. De lá foi para a Coréia do Norte, visitamos Austrália, Nova Zelândia, Vietnã, China, Hong Kong, tudo de avião, sem o carro. E aquilo acabou virando um trabalho, a gente acabou escrevendo livro sobre essas viagens. Depois viraram palestras. Mas o que mais realmente pesou para a gente fazer aquela mudança de vida foi a oportunidade que nós tínhamos de poder viver uma vida diferente e juntos. Dentro de um carro, com todos os desafios que envolvem um projeto desse e estamos juntos até hoje. Acho que foi a decisão certa.


Diego Maia - Mas como é que criaram coragem pra jogar tudo pro alto lá quando estavam como executivos como funcionários de bancos. Vocês imaginavam que seria possível de fato realizar esse propósito?


Leonardo Spencer - É claro que no começo nós tínhamos muitas dúvidas. Primeiro, como é que a gente vai dar uma volta ao mundo? Por que vocês vão largar a carreira de vocês? A gente tinha uma projeção de carreira legal no mercado financeiro. Ganhávamos bem, tínhamos tudo o que queríamos naquele momento de nossas vidas. Por quê? Então muita gente questionava, será que vocês conseguiriam realizar esse propósito, essa volta ao mundo? E hoje eu olho e falo ‘Nossa, talvez a gente fosse um pouquinho maluco naquela época’.


“Mas assim como todo o projeto na vida, você precisa acreditar.” Leonardo Spencer

Diego Maia - É preciso enfrentar o que vem pela frente, certo?


Leonardo Spencer - Você precisa saber que você vai ter dificuldade, saber que você vai ter desafios, mas não é por isso que você deve deixar de enfrentá-los ou de fazê-los. E foi com essa mentalidade que a gente saiu para a volta ao mundo. Foi com essa mentalidade que a gente subiu num palco depois com 500 pessoas para contar a história, quando a gente foi gravar um programa de TV, quando a gente se depara com um cliente que quer montar uma campanha e talvez a gente não sabe exatamente se tem todos os recursos. Então é olhando para esses desafios, nem sempre 100% preparado, mas sempre acreditando que a gente pode realizar e consegue entregar esses desafios. Foi uma coisa muito legal. A gente olha para trás com muito orgulho e muita felicidade por ter vivido tudo isso ao longo desses quase oito anos de Viajo, Logo Existo.


***

Você pode conferir mais entrevistas exclusivas no Portal CDPV e ouvi-las no podcast BóraVoar no seu navegador ou na sua plataforma de streaming preferida, como o Spotify, por exemplo.


Sobre o Diego Maia


Diego Maia é o palestrante de vendas mais contratado do Brasil. Com 6 livros publicados, atua no mercado de palestras e treinamentos de vendas desde 2003. Apresenta o BóraVoar, programa que está no ar em diversas emissoras de rádio como Antena 1 (103,7 FM Rio de Janeiro) e Mais Brasil News (101,7 FM Brasília). O programa também é publicado diariamente em todos os aplicativos de podcasts.


Diego Maia é CEO do CDPV (Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas), escola de vendas pioneira no Brasil, especializada em treinamentos de vendas presenciais e online.